21 de mar de 2011

Origem da Filosofia


A palavra FILOSOFIA é de origem grega e significa amor à sabedoria. Dizem que o primeiro a usar o termo foi Pitágoras de Samos (571/570  à 497/ 496 a.C).
 

A filosofia tem origem na Grécia Antiga, entre o final do século VII e meados do século VI a.C. Surge, então, um pensamento sistematizado que busca por meio da racionalidade chegar a um conhecimento sobre a realidade última das coisas. Assim o pensamento filosófico coloca em dúvida o pensamento mítico, que até então era a única forma de obter o conhecimento, dando fim a crença na autoridade suprema e infalível que os mitos exerciam.

Mas o que é um mito?
Antes de qualquer coisa é preciso saber que o mito é um gênero literário. É uma forma de se expressar. 

Os mitos se utilizam de símbolos e esses símbolos muitas vezes nos remetem a experiências vivenciadas pela sociedade, fazendo, portanto, parte da consciência coletiva. Os mitos relatam as experiências do viver, mostrando os dilemas, as tragédias e os perigos do próprio processo existencial. 


Um exemplo de um mito grego é da "Caixa de Pandora". Eis um resumo do mito:

Caixa de Pandora 
 
Pandora, na mitologia grega foi a primeira mulher sobre a terra, criada pelo deus Efesto (deus do fogo e da metalurgia), por ordem de Zeus. Foi lhe entregue uma caixa para que entregase aos homens como um presente de Zeus. Mas Pandora foi avisada de que não deveria abri-la. Ela, contudo, foi tomada por intensa curiosidade de saber o que continha aquela caixa, e, certo dia, destampou-a para olhar. Assim, escapou e se espalhou por toda a parte uma multidão de pragas que atingiram o desgraçado homem, tais como a gota, o reumatismo e a cólica para o corpo, e a inveja, o despeito e a vingança para o espírito. 
Pandora apressou-se em colocar a tampa na caixa, mas, infelizmente, escapara todo o conteúdo da mesma, com exceção de uma única coisa, que ficara no fundo, e que era a esperança. Assim, sejam quais forem os males que nos ameacem, a esperança não nos deixa inteiramente; e, enquanto a tivermos nenhum mal nos torna inteiramente desgraçados.


Assim, a filosofia grega surge, inicialmente em oposição ao pensamento mítico. A filosofia procura uma explicação racional para as questões mais vitais do ser humano. Assim os primeiros filósofos tentam explicar o mundo através da própria natureza, sem apelar para o sobrenatural. Dessa forma os primeiros filósofos perguntam: qual é a essência das coisas? De onde vem o mundo? 
 

A filosofia surge como uma tentativa de dar razões para as coisas. A filosofia tenta explicar o mundo e dar boas justificativas para as coisas serem do jeito que são.

A filosofia quase sempre surge através de perguntas, dos “por quês” da vida. As perguntas dos filósofos parecem bobas, pois se assemelham a das crianças. Os filósofos tal como as crianças se admiram com o mundo e querem entendê-lo. Os filósofos acham muito estranho o fato de estamos no mundo sem sabermos o “por que” de estamos nele. Muito mais estranho é não saber quem somos, de onde viemos e pra onde vamos. Os filósofos querem decifrar esses enigmas mais inquietantes da vida. Os filósofos não se conformam em viver uma sem buscar o seu sentido. Por isso Sócrates, o pai da filosofia, dizia que
 
“Uma vida sem busca não é digna de ser vivida”.




 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...